SIGA-NOS:

Notícias



Fiscalização de empresas de energia elétrica é alvo de questionamento

Vereador Elias Chediek solicitou relatórios entregues ao Executivo pelas empresas


A Lei Municipal nº 8.743/2016 obriga empresas de distribuição de energia elétrica, telecomunicações e outros serviços que possuem infraestrutura de postes a utilizarem o espaço público de forma organizada e respeitando rigorosamente as normas técnicas. Por isso, após a morte de um motociclista que pode ter sido provocada por uma fiação solta, o vereador Elias Chediek (MDB) encaminhou o Requerimento nº 494/2020 à Prefeitura, solicitando informações sobre como é feita a fiscalização da referida lei.

O parlamentar requereu os relatórios mensais de 2020 constando todas as notificações realizadas junto às empresas, as denúncias feitas ao órgão regulador e a comprovação de protocolo dos documentos, já que as empresas têm obrigação de encaminhar tal documentação ao Executivo.

Além disso, Chediek perguntou como tem sido feita a fiscalização do cumprimento das obrigações impostas pela Lei nº 8.743/2016, de autoria da Prefeitura, mas de iniciativa do vereador, conforme Indicação nº 1530/2016, e qual a estrutura existente no que tange ao contingente de pessoal e de veículos.

Também foi questionado se há empresas multadas pelo descumprimento de normas e, em caso afirmativo, solicita a relação daquelas que foram penalizadas, juntamente com os valores aplicados. Vale ressaltar que cada multa equivale à 70 Unidades Fiscais Municipais (UFMs), ou seja, R$ 4.037,60.

“O compartilhamento de postes não deve comprometer a segurança de pessoas e instalações. É obrigação das empresas a retirada de fios inutilizados nos postes, como forma de reduzir os riscos de acidentes. O que aconteceu no último dia 17 com o jovem de 23 anos não pode se repetir. Por isso, precisamos saber como anda a fiscalização desse serviço”, concluiu Chediek.


Outras Notícias

Fique por dentro

Câmara aprova R$ 2,2 milhões em emendas ao orçamento para esporte, cemitério animal e ambulatório

03 de julho de 2020

Durante a Sessão Extraordinária para votação do Projeto de Lei nº 121/2020 (Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO) foram aprovadas dez emendas do vereador Zé Luiz – Zé Macaco (Cidadania), que somam...



Prédio do antigo Cepar é alvo de reclamações

03 de julho de 2020

Na sexta-feira (26), o vereador Gerson da Farmácia (MDB) protocolou o Requerimento nº 616/2020, que pede informações ao Executivo sobre o imóvel localizado na Avenida Alfredo Coelho de Oliveira, nº...



Eleições municipais

03 de julho de 2020

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (1º), em dois turnos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 18/2020, que determina o adiamento das eleições municipais deste an...



Palavras que voam

03 de julho de 2020

O projeto “Palavras que Voam” promoverá arrecadação de livros em sistema drive-thru no sábado (4), das 9 às 13 horas, na Avenida Espanha, em frente à Biblioteca Municipal.



Drive-thru solidário

03 de julho de 2020

A escola Micropro realizará uma ação solidária em sistema drive-thru para arrecadação de alimentos neste sábado (4), das 9 às 14 horas, na Rua Padre Duarte, nº 1636 (entre as avenidas Espanha e Fei...



Seis horas

03 de julho de 2020

O Governo de São Paulo ampliou o horário de funcionamento do comércio na Fase 2 (Laranja) de quatro para seis horas diárias consecutivas durante quatro dias úteis. A norma para o estabelecimento re...