SIGA-NOS:

Notícias



Melhorias no trânsito da cidade e identificação de rua são reivindicadas

A autora das indicações é a vereadora Juliana Damus


Na tarde de quinta-feira (3), a vereadora Juliana Damus (Progressistas), acompanhada pelo engenheiro Daniel Robles, da Coordenadoria de Mobilidade Urbana, visitou alguns locais da cidade que necessitam de melhorias no trânsito.

Na Vila Esperança, a alta velocidade na qual os veículos trafegam na Avenida Mário Zampieri chama a atenção, principalmente devido à curva acentuada que prejudica a visibilidade dos motoristas. Nesse sentido, a parlamentar protocolou a Indicação nº 2.713/2020, que sugere ao Executivo a implantação de lombada e tachões de sinalização, a fim de facilitar a orientação dos motoristas e aumentar a segurança.  O serviço foi realizado na tarde de quarta-feira (9). Vale lembrar que, em 2015, Juliana já havia encaminhado a Indicação nº 480/2015 solicitando lombada no local, porém, sem êxito.

A poucos quarteirões dali, na Rua João Batista de Oliveira, um munícipe relatou que os veículos que seguem no sentido Parque São Paulo – Vila Xavier também trafegam em alta velocidade, colocando em risco quem estaciona próximo a sua residência. Em 2017, Juliana protocolou a Indicação nº 467/2017, pedindo melhorias no trânsito, contudo, apenas o fechamento do canteiro central foi realizado até o momento.

Após recapeamento recente, realizado na Avenida Luiz Oliveira Formariz, no Jardim Itália, a via tornou-se pista de corrida, segundo moradores da região (Indicação nº 2.154/2020). De acordo com Robles, é necessário fazer um estudo aprofundado para verificar a melhor solução, uma vez que se trata de um bairro estritamente residencial, inviabilizando a colocação de lombadas. A intenção é canalizar o fluxo de veículos para as vias principais, aliviando o problema nas ruas secundárias.

E no Jardim Santa Lúcia, a falta de sinalização na Avenida Coronel Xavier de Mendonça confunde, tanto os visitantes da região, quanto os entregadores. Apesar da via ser interrompida pelas avenidas Antônio Baptistini e Professor Doutor Joel Claudio da Rosa Martins, posteriormente, ela continua com o mesmo nome. Muitos pensam que a rua terminou, quando na verdade existe outro trecho dela mais adiante. O pedido para que sejam feitas placas indicativas no local já foi encaminhado, há dois anos, pela vereadora por meio da Indicação nº 4.268/2018.


Publicado em: 10 de setembro de 2020

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara

Outras Notícias

Fique por dentro

Oficinas Culturais

23 de setembro de 2020

A partir desta quarta-feira (23), às 15 horas, pelo programa Oficinas Culturais, estará disponível uma aula de Balé para iniciantes, com a professora Patrícia Oliveira, na página www.youtube.com/pr...



Doação de órgãos

23 de setembro de 2020

A Secretaria de Estado da Saúde oferece, até 25 de setembro, uma programação artística on-line de conscientização sobre doação de órgãos. Nesta quarta-feira (22), haverá o monólogo “Um coração que...



Sesc

23 de setembro de 2020

O Sesc de Araraquara voltou a oferecer, em setembro, aulas presenciais de ginástica, yoga e tratamentos odontológicos para pessoas já inscritas anteriormente. A programação on-line #EmCasaComSesc p...



Festival de Dança

23 de setembro de 2020

O Festival Internacional de Dança de Araraquara apresenta, nesta quarta-feira (23), o vídeo “Andanças”, de Paulo César Lima, a live “Insurgências de corpos negros femininos no fazer artístico”, o v...



Setembro Amarelo

23 de setembro de 2020

A Escola do Legislativo de Araraquara promove, nesta quarta-feira (23), a live “Cuidados gerais com a saúde na pandemia”, com a dentista Maria Sílvia Rigolin, às 16 horas, no Facebook e no Instagra...



Balanço Covid-19

23 de setembro de 2020

Balanço da Covid-19 até 21/09: 25.405 atendimentos e 288 observações no polo de triagem da UPA da Vila Xavier; 354 internações no Hospital da Solidariedade; 3.711 ligações ao Disque-Saúde; 342 aten...