SIGA-NOS:

Histórico dos eleitos para a 4ª Legislatura (1960-1963)


Data Inicial: 01/01/1960

Data Final: 01/01/1963

Data Eleição: 01/01/1960



 
Foto: Álvaro Waldemar Colino, Elias Damus, José Mussi, Wilmo Gonçalves, Rubens Ferreira Bellardi e Gildo Merlos
 
 
Prefeito: Benedito de Oliveira
 
Presidente da Câmara Municipal em 1960: José Galli
 
Presidente da Câmara Municipal em 1961: Hermínio Pagotto
 
Presidente da Câmara Municipal em 1962: José Mussi
 
Presidente da Câmara Municipal em 1963: José Galli
 
 
 
CANDIDATOS ELEITOS
 
 
ÁLVARO WALDEMAR COLINO
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
ANTHERO RODRIGUES DA SILVA JUNIOR
 
Ver 1ª legislatura .
 
 
 
ARMANDO BIAGIONI
 
Ver 1ª legislatura .
 
 
 
CÉLIO BILLER TEIXEIRA
 
Advogado.
 
Trabalhou no DER e foi jornalista do Imparcial.
 
Em 1961 foi vice-presidente da Mesa Diretora.
 
Renunciou em 18/10/1961.
 
Recebeu o título de Cidadão Benemérito através da Lei Municipal nº 1516 de 1966.
 
 
 
DARCY MORALLES
 
Comerciante.
 
Foi eleito vereador nas 4ª, 5ª, 10ª e 11ª legislaturas.
 
Na 6ª legislatura foi candidato a prefeito.
 
Em 1961 foi 2º Secretário da Mesa Diretora.
 
Em 1963 participou de uma Comissão Especial de Vereadores (CE) a fim de trazer uma fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
Em 1963 participou de uma CE a fim de melhorar o serviço do SAMDU (Serviço de Atendimento Domiciliar de Urgência) na cidade.
 
Em 1965 foi Presidente de uma CE a fim de apurar a quem caberia a responsabilidade pela publicação do parecer da Comissão Especial sobre a Sociedade Pró-Construção da Casa Própria.
 
Em 1967 foi membro de uma CE que, a partir de sugestões dos vereadores, reformaria as Normas Urbanísticas do Município de Araraquara e elaboraria o necessário projeto de lei, consubstanciando essa reforma.
 
Em 1968 foi Presidente de uma CE para tratar junto às autoridades competentes em São Paulo e Brasília do problema do Instituto Nacional da Previdência Social – INPS em Araraquara.
 
Em 1989 foi membro da Comissão de Ordem Social do Poder Organizante Municipal para a elaboração da Lei Orgânica do Município.
 
Em 1990 foi membro de uma CE que tinha a finalidade de entrar em entendimentos com a COHAB de Campinas, a fim de obter esclarecimentos sobre o aumento das prestações mensais das casas do II Núcleo Habitacional Yolanda Ópice.
 
Faleceu durante o mandato em 1995.
 
Foi homenageado denominando um conjunto residencial do município através da Lei Municipal nº 4695 de 1996.
 
 
 
ELIAS DAMUS
 
Comerciante.
 
Foi eleito vereador nas 4ª, 5ª, 8ª, 9ª 10ª, 11ª e 12ª legislaturas.
 
Fez parte da Mesa Diretora em 1965 como 2º secretário; de 1968 a 1969 como Vice-Presidente; de 1985 a 1987 como 1º secretário; de 1989 a 1990 como Vice-Presidente; de 1991 a 1992 e de 1995 a 1996 como 1º Secretário; e em 1999 novamente como Vice-Presidente.
 
Em 1997 foi homenageado com o título de “Cidadão Araraquarense” através do Decreto Legislativo nº 348.
 
Em 1962 participou de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
Em 1963 participou de uma CE a fim de estudar a possibilidade de instalar na cidade uma escola lassalista.
 
Em 1964 foi Presidente de uma CE que investigou se os colégios de Araraquara não estavam dando cumprimento ao decreto federal que dispunha sobre o congelamento das anuidades e taxas escolares.
 
Em 1966 participou de uma CE que estudou a possibilidade de abertura de diversas vias públicas da sede do Município que se encontravam interrompidas.
 
Em 1968 participou de uma CE que discutiu junto à Direção da Escola de Belas Artes de Araraquara, o Prefeito e autoridades em Brasília uma solução para o problema que vinha dificultando o registro dos diplomas expedidos.
 
Em 1977 participou de uma CE com o objetivo de angariar fundos e tomar medidas para a construção de uma estátua do araraquarense Romulo Lupo na Praça São Geraldo.
 
Em 1978 participou de uma CE a fim de entrar em entendimentos com a Imobiliária Faixa Azul referente à venda de lotes no Jardim Tangará.
 
Em 1979 participou de uma CE com a finalidade de apreciar as razões apresentadas pelos moradores das imediações das Indústrias Nigro a respeito do barulho provocado pelas instalações da referida empresa.
 
Em 1980 foi indicado como membro para integrar o Conselho de Administração da FUNDART.
 
Em 1980 participou de uma CE com a finalidade de verificar supostas irregularidades apontadas pelos compradores de lotes de terrenos no Jardim Tangará.
 
Em 1983 foi indicado como membro titular para integrar o Conselho Municipal de Tributos.
 
Em 1984 foi membro de uma CE que buscou uma solução junto aos proprietários dos três cinemas locais que encerravam suas atividades naquele momento.
 
Em 1988 foi indicado para integrar a Comissão de Avaliação da Política Salarial da Administração Municipal.
 
Em 1989 foi Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento para a elaboração da Lei Orgânica deste Município.
 
Em 1989 foi membro suplente da Comissão sobre a organização da Comissão de Ordem Social para a elaboração da Lei Orgânica deste Município.
 
Em 1989 foi membro suplente da Comissão de Ordem Social para a elaboração da Lei Orgânica deste Município.
 
Em 1991 foi membro de uma CE que estudou a reestruturação do quadro de cargos/salários e regime previdenciário dos funcionários da Câmara Municipal.
 
Em 1992 foi indicado para integrar a Comissão de Política Salarial dos Servidores Municipais de Araraquara.
 
Em 1992 foi indicado como membro suplente para integrar o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – COMCRIAR.
 
Em 1993 foi membro de uma CE composta por Líderes Partidários, Representantes Partidários e Funcionários da Câmara Municipal, para apresentar um plano de carreira destinado aos funcionários do legislativo.
 
Em 1994 foi indicado para representar a Câmara Municipal na Comissão de Avaliação de Política Salarial da Administração do Município de Araraquara.
 
Em 1994 foi indicado como suplente para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araraquara – COMCRIAR.
 
Em 1994 foi desligado, na qualidade de membro suplente, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araraquara – COMCRIAR.
 
Em 1995 foi indicado para compor a Comissão Especial de Política de Desenvolvimento Industrial do Município de Araraquara.
 
Em 1995 foi indicado para compor a Comissão de Política Salarial da Administração do Município de Araraquara.
 
Em 1995 passa a ser um dos representantes do Partido Progressista Renovador – PPR na Câmara Municipal.
 
Em 1995 foi indicado para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araraquara – COMCRIAR.
 
Em 1996 foi indicado como membro suplente para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araraquara – COMCRIAR.
 
Em 1996 foi indicado para compor o Grupo Executivo responsável pela Política de Desenvolvimento Industrial, Comercial e Tecnológico do Município.
 
Em 1997 foi membro de uma Comissão Especial de Estudo visando à alteração do Código de Obras do Município, a fim de incorporar a exigência de instalação tubulares de gás natural.
 
Em 1997 foi membro de uma CE para, juntamente com o Comando do Corpo de Bombeiros, apresentar minuta de projeto de lei e seu regulamento dispondo sobre a criação do Fundo Especial de Bombeiros (FEBOM).
 
Faleceu durante o mandato em 25/11/1999.
 
Em 2000 foi denominada “Galeria Vereador ELIAS DAMUS” o conjunto de salas localizado no andar térreo da Câmara Municipal de Araraquara destinadas aos Membros da Mesa Diretora do Legislativo, bem como a galeria dos Presidentes da Câmara.
 
Em 2003, através da Lei Municipal nº 5969, foi denominada “Vereador ELIAS DAMUS” a passagem para pedestres localizada defronte ao Shopping Jaraguá, que tem seu início na Avenida Rodrigo Fernando Grillo do loteamento Jardim dos Manacás e o seu término na Avenida Alberto Benassi.
 
Em 2004, através da Lei Municipal nº 6155, foi denominada Área de Esportes e Lazer “Vereador Elias Damus”, o conjunto de equipamentos esportivos e recreativos situado na Avenida Fausto Clóvis Fagundes Lavras, nº 349, no Jardim Tangará.
 
Foi homenageado também através da Lei Estadual nº 13.073 de 12 de junho de 2008 quando a interligação (código SPI 274/310) da Rodovia Washington Luís – SP 310 com a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros – SP 255, no Município de Araraquara, passou a denominar-se “Vereador Elias Damus”.
 
 
 
FLÁVIO FERRAZ DE CARVALHO
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
FLÁVIO THOMAZ DE AQUINO
 
Diretor da Caixa Econômica do Estado de São Paulo (Nossa Caixa).
 
Foi vereador na 4ª legislatura.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
Em 1963 foi membro de uma CE para tratar da formação de classes especiais nos grupos escolares deste município.
 
Em 1963 foi membro de uma CE a fim de estudar a possibilidade de instalar na cidade uma escola lassalista.
 
Em 1963 foi membro de uma CE para redigir requerimento de apoio ao Presidente dos Estados Unidos da América do Norte por sua corajosa atitude para solução da questão racial naquele país.
 
 
 
GELSON BUCHERONI
 
Contador.
 
Foi vereador na 4ª legislatura.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
 
 
HERMÍNIO PAGOTTO
 
Ver 2ª legislatura .
 
 
 
JOSÉ GALLI
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
JOSÉ MUSSI
 
Foi vereador na 4ª legislatura.
 
Foi Presidente da Mesa Diretora em 1962.
 
Foi homenageado denominando via pública do município através da Lei Municipal nº 3922 de 16/12/1991.
 
 
 
JOSÉ NIGRO NETO
 
Foi vereador na 4ª legislatura.
 
 
 
JOSÉ PIZANI
 
Industrial.
 
Foi vereador nas 4ª, 5ª, 7ª legislaturas e suplente convocado na 6ª, quando se efetivou no mandato em virtude do falecimento do vereador da mesma legenda Anthero Rodrigues da Silva Junior.
 
Foi 2º Secretário da Mesa Diretora de 1962 a 1964 e novamente em 1966. Foi 1º Secretário em 1965 e Vice-Presidente de 1975 a 1977.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
Em 1962 foi representante da Câmara Municipal e integrou a Comissão Organizadora das Festividades Comemorativas ao “Dia do Motorista”.
 
Em 1964 foi indicado para integrar o “Condomínio Mercado Municipal de Araraquara”.
 
Em 1964 foi membro de uma CE que visava estudar e apresentar planos definitivos que solucionassem e legalizassem o problema da Televisão em Araraquara.
 
Em 1975 substituiu o vereador licenciado Gildo Merlos.
 
Foi homenageado denominando via pública do município através do Decreto Municipal nº 4584 de 06/01/1982 e uma Escola Municipal de Ensino Fundamental do Núcleo Residencial Yolanda Ópice através do Decreto Municipal nº 5448 de 1986.
 
 
 
JOSÉ WELINGTON PINTO
 
Advogado.
 
Foi vereador nas 4ª, 5ª, 6ª, 7ª e 8ª legislaturas.
 
Em 1962 foi Presidente de uma CE para estudar e elaborar uma tese que seria apresentada no VI Congresso Nacional de Municípios, em Curitiba, Paraná.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
Em 1962 foi membro da Comissão do Plano Diretor do Município.
 
Em 1963 foi membro do Tribunal Municipal de Tributos.
 
Em 1964 foi membro de uma CE que visava estudar e apresentar planos definitivos que solucionassem e legalizassem o problema da Televisão em Araraquara.
 
Em 1965 foi membro de uma CE que visava obter esclarecimentos a respeito da concessão de bolsas de estudos junto ao Presidente da Comissão Municipal de Bolsas de Estudos Federais.
 
Em 1965 foi membro de uma CE para estudar as adaptações necessárias decorrentes do Ato Institucional nº 2 – no que dizia respeito às atribuições da Câmara Municipal.
 
Em 1967 foi membro de uma CE que, a partir de sugestões dos vereadores, reformaria as Normas Urbanísticas do Município de Araraquara e elaboraria o necessário projeto de lei, consubstanciando essa reforma.
 
Em 1968 foi membro de uma CE para tratar junto às autoridades competentes em São Paulo e Brasília do problema do Instituto Nacional da Previdência Social – INPS em Araraquara.
 
Em 1975 foi membro do Conselho Administrativo do Departamento Autônomo de Água e Esgoto – DAAE.
 
Em 1979 e em 1981 foi indicado para integrar o Conselho Administrativo do Departamento Autônomo de Água e Esgoto – DAAE.
 
 
 
MÁRIO ANANIAS
 
Ver 1ª legislatura .
 
 
 
MÁRIO PARISI
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
MIGUEL TEDDE NETTO
 
Ver 1ª legislatura .
 
 
 
WALDEMAR DE SANTI
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
SUPLENTES CONVOCADOS
 
 
ALCEU IANELLI
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
ANTONIO EULALIO ARANTES BARRETO
 
Teve oportunidade de exercer o mandato, tendo tomado posse em 08/02/1960. Em virtude da renúncia do vereador da mesma legenda, Célio Biller Teixeira, tomou posse em caráter efetivo em 06/11/1961.
 
 
 
CAETANO NIGRO
 
Suplente convocado na 4ª legislatura.
 
Vereador eleito na 5ª legislatura.
 
Candidato a vice-prefeito na 6ª legislatura.
 
Foi 2º Secretário da Mesa Diretora em 1967 e Vice-Presidente de 1983 a 1985.
 
Foi homenageado com o título de “Cidadão Araraquarense” através da Lei Municipal nº 1035 de 04/09/1961.
 
Foi homenageado denominando via pública do município através do Decreto Municipal nº 3378 de 24/11/1978.
 
 
 
CLÓVIS CARBONE
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
CLÓVIS VAN DICK
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
DENISAR ALVES
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
DERMEVAL SIMÕES
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
FERNANDO CLÁUDIO GONÇALVES BAZZOLI
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
FRANCISCO PEDRO MONTEIRO DA SILVA
 
Ver 1ª legislatura .
 
 
 
GERALDO BROGNA
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
GILDO MERLOS
 
Oficial de justiça.
 
Suplente convocado na 4ª legislatura.
 
Vereador eleito nas 6ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª e 12ª legislaturas.
 
Foi Presidente da Mesa Diretora de 1977-1979, de 1987-1988, de 1989-1990 e de 1995-1996. Foi Vice-Presidente de 1969-1970, de 1970-1971 e de 1979-1981.
 
Em 1977 participou de uma CE visando encontrar uma solução quanto à manutenção do Museu Histórico e Pedagógico “Voluntários da Pátria”.
 
Em 1978 participou de uma CE visando à redistribuição dos distritos policiais de Araraquara.
 
Em 1979 participou de uma CE a fim de levantar e caracterizar, junto à Prefeitura, a clientela escolar dos Centros de Educação e Recreação do município.
 
Em 1981 integra-se ao Bloco Parlamentar do Partido Democrático Social.
 
 
 
GREGÓRIO CECCONI
 
Ferroviário.
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
Foi  homenageado denominando via pública do município através do Decreto Municipal nº 4997 de 08/03/1984.
 
 
 
HUGO FERNANDO SALINAS FORTES
 
Advogado.
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
INOCÊNCIO ANACLETO DA SILVEIRA
 
Militar.
 
Foi suplente convocado nas 4ª e 5ª legislaturas.
 
Em 1966 foi 2º Secretário da Mesa Diretora.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
 
 
ITÁLIA COMITO LIMA
 
Suplente convocada apenas na 4ª legislatura, mas não assumiu o cargo.
 
Foi homenageada denominando via pública do município através do Decreto Municipal nº 4237 de 23/01/1980.
 
 
 
IVO MARTINEZ PEREZ
 
Ver 2ª legislatura .
 
 
 
JOÃO EVANGELISTA FERRAZ
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
JOÃO PERONI
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
JOSÉ CORREA DA SILVA
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
Foi homenageado denominando via pública do município através do Decreto Municipal nº 4237 de 23/01/1980.
 
 
 
JOSÉ ROBERTO PADOVANI
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
LEONARDO CROCCI FILHO
 
Ver 3ª legislatura .
 
 
 
LUIZ BOLSONI
 
Suplente convocado nas 4ª e 5ª legislaturas.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
 
 
LUIZ SANTESSO
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
MIGUEL GRILLO
 
Suplente convocado nas 4ª e 5ª legislaturas.
 
Foi homenageado denominando via pública do município através do Decreto Municipal nº 4167 de 26/07/1979.
 
 
 
NELSON MARIOTTINI
 
Suplente convocado nas 4ª e 5ª legislaturas.
 
Foi homenageado denominando via pública do município através da Lei Municipal nº 3582 de 06/06/1989.
 
 
 
NORBERTO FATTORI
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
Em 1962 foi membro de uma CE a fim de trazer a fábrica da Cervejaria Antártica para a cidade.
 
 
 
NORBERTO MAURÍCIO
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
OSWALDO GUERREIRO
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
PAULO DE ARRUDA CORRÊA DA SILVA
 
Ver 1ª legislatura .
 
 
 
PLÍNIO CARVALHO LOPES
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
 
 
RUBENS BELLARDI FERREIRA
 
Advogado e técnico em contabilidade.
 
Suplente convocado na 4ª legislatura e eleito vereador nas 5ª, 6ª, 7ª, 8ª legislaturas.
 
Em 1964 exerceu o cargo de 1º Secretário; em 1966, o de vice-presidente; e tanto em 1972 como em 1975, o de Presidente da Mesa Diretora.
 
Em 1964 foi membro da Comissão Executiva do Censo Escolar de Araraquara.
 
Em 1964 foi membro de uma CE que investigou se os colégios de Araraquara davam cumprimento ao decreto federal que dispunha sobre o congelamento das anuidades e taxas escolares.
 
Em 1965 foi membro da Comissão Especial de Vereadores que representou a Câmara Municipal no X Congresso Estadual de Municípios na cidade de Santos.
 
Em 1966 foi membro de uma CE que estudou o problema da instalação de taxímetros em autos de aluguel em Araraquara.
 
Em 1967 foi membro de uma CE com a finalidade de receber sugestões dos vereadores sobre a reforma das Normas Urbanísticas do Município de Araraquara e elaborar um projeto de lei que consubstanciasse essa reforma.
 
Em 1970 foi Presidente da CE que tratou junto ao Prefeito Municipal a instalação de um Pronto Socorro Municipal.
 
Em 1975 foi membro de uma CE com o objetivo de dizer à população o que realmente iria acontecer após o término do trabalho de redistribuição de rede física escolar nesta cidade.
 
 
 
SIDNEY SCHIAVON
 
Suplente convocado apenas na 4ª legislatura.
 
Foi homenageado denominando via pública do município através da Lei Municipal nº 5066 de 14/09/1998.
 
 
 
WILMO GONÇALVES
 
Servidor público estadual.
 
Foi suplente convocado na 4ª legislatura e eleito vereador na 5ª.
 
Em 1967 foi Presidente da Mesa Diretora.
 
Em 1964 foi membro da Comissão encarregada de reajustar os valores tributáveis para o lançamento do Imposto Territorial Rural em 1965.
 
Em 1965 foi Presidente da CE que buscava, juntamente com outras autoridades do Município, conseguir fundos para a compra de semáforos.
 
Em 1965 foi membro da CE que buscava solucionar o problema da concorrência pública para a venda do lixo domiciliar.
 
Em 1965 foi membro de uma CE com o objetivo de obter esclarecimentos a respeito da concessão de bolsas de estudos junto ao Presidente da Comissão Municipal de Bolsas de Estudos Federais.
 
Em 1967 foi membro da CE que estudava, junto às autoridades competentes, a possibilidade de se instalar da Faculdade de Ciências Econômicas em Araraquara.
 
Em 1968 foi membro da CE que tratou, junto às autoridades competentes em São Paulo e Brasília, do problema do Instituto Nacional da Previdência Social – INPS.
 
 
 
CONHECE ALGUM DOS NOSSOS EX-VEREADORES? QUER COLABORAR COM O MEMORIAL DA CÂMARA MUNICIPAL? CLIQUE AQUI E SAIBA COMO.