Dia da fundação do Distrito de Bueno de Andrada

95 anos de fundação - 1º de outubro


O Memorial da Câmara Municipal relembra a criação do Distrito de paz de Itaquerê, hoje, Distrito de Bueno de Andrada, que se deu através da Lei Estadual nº 2024, de 27/12/1924, comemorando neste ano 95 anos de fundação. 

De acordo com a lei estadual, seus limites ficaram assim definidos na ortografia da época:

"Começam na linha da Estrada de Ferro de Araraquara, no logar do desvio, que é o canto das sosmarias Lageado, Monte Alegre e Rancho Queimado, seguindo pelo leito do desvio até ao ribeirão do Paiol; dahi seguem por este rebeirão abaixo até encontrar a estrada por telephonica; continuam, em linha reta a do córrego «Caninho do Rancho Queimado», e por este córrego abaixo até a sua confluencia com o ribeirão seguem por este ribeirão abaixo até a barra do ribeirão do Lageado e por este acima até encontrar o córrego da ras; seguem por este acima até a sua cabeceira, continua em linha recta, até encontrar as cabeceiras do ribeirão Velho; seguem por este ribeirão abaixo até encontrar as divisas vitas do município de Mattão e dahi pelas divisas de Mattão, Rincão, Santa Lucia e Américo Brasiliense, até encontrar o ponto em que tiveram começo".

  

Homenagens

Em 2010, foi instituído o Dia da Fundação do Distrito de Bueno de Andrada, a ser comemorado em 1º de outubro, data comemorativa a inauguração da Estação Ferroviária de Itaquerê, ocorrida em 1898. 

Em 2011, foi oficializado o Hino do Distrito de Bueno de Andrada, de autoria musical de Araquem Petros e letra de Sergio Poeta.

 

Relembre a letra do hino:

Nas planícies da fazenda Itaquerê, uma estrada boiadeira Cercada por belos cafezais, uma história verdadeira Que tua gente humilde, com orgulho vai cantar O esplendor, da natureza, onde é gostoso morar Seja bem-vindo a Bueno de Andrada, o nosso braço te abraça O sino da igreja, bucólica praça, o apito do trem quando passa Seja bem-vindo a Bueno de Andrada, o nosso braço te abraça O sino da igreja, bucólica praça, o apito do trem quando passa   E nos caminhos de aço, uma estação se plantou Bueno é Bueno de Andrada, um grande sonho realidade se tornou Viajantes com orgulho aqui passam, com inveja salutar Sentem no peito, embevecido, uma vontade de ficar Seja bem-vindo a Bueno de Andrada, o nosso braço te abraça O sino da igreja, bucólica praça, o apito do trem quando passa Seja bem-vindo a Bueno de Andrada, o nosso braço te abraça O sino da igreja, bucólica praça, o apito do trem quando passa.  

 

Texto/matéria: Silvia Gustavo  

Fontes:

  • Lei Estadual 2024/1924, Leis Municipais 7305/2010 e 7539/2011.
  • Fotos: arquivo próprio CMA e 100 anos de Fotografia/Eduardo Lopes.

 




Publicado em: 01 de outubro de 2019

Publicado por: Silvia Gustavo

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias do Memorial

Outras Notícias

Fique por dentro


50 anos da fundação do Gigantão

10 de outubro de 2019

O Ginásio de Esportes Castelo Branco "Gigantão" foi inaugurado no dia 11 de outubro de 1969, completando neste ano 50 anos de existência. Um pouco da história:  Antigo sonho do município, o então prefeito Rômulo Lupo em seu primeiro mandato, promulgou em 1957 uma lei para a captação de recursos...


Memória: Dia Nacional do Vereador

01 de outubro de 2019

O Memorial da Câmara relembra que neste dia, 1º de outubro, comemoramos o Dia Nacional do Vereador. Um pouco da história: As Câmaras Municipais do Brasil são originárias das tradicionais Câmaras Municipais Portuguesas, que existem desde a Idade Média. O vocábulo vereador, originário do grego a...


Calendário municipal do mês: OUTUBRO

01 de outubro de 2019

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas: Lei Data Assunto Autoria Dia Comemoração 7305 11/08/2010...


Biografia do prefeito eleito pelo povo para a 15ª e 16ª Legislatura, Marcelo Barbieri

27 de setembro de 2019

  Biografia Marcelo Fortes Barbieri nasceu no dia 21 de novembro de 1956, em Araraquara/SP. Filho do senhor Nelson Barbieri e da senhora Maria Ruth Fortes Barbieri, cresceu ao lado dos irmãos Maria Cecília, Nelson, Renato e Estela. Estudou nas Escolas Estaduais Antonio Joaquim de Carvalho, Pe...


Memória: Araraquara comemora a Independência do Brasil

06 de setembro de 2019

O Memorial da Câmara Municipal relembra uma publicação histórica do jornal O Araraquara, de 11 de setembro de 1904, noticiando as comemorações realizadas na cidade e da Câmara Municipal em homenagem ao Dia da Independência do Brasil "7 de setembro".        Recordamos que em nossa cidade,...


Sartre no Brasil e a conferência de Araraquara

04 de setembro de 2019

O Dia Municipal de Sartre constitui o resgate do importante acontecimento da história intelectual da cidade de Araraquara, com a visita do filósofo Jean-Paul Sartre ao município, comemorado em 04 de setembro, instituído através da Lei Municipal nº 5673/2001. Sartre e sua companheira Simone de...