Fone: (16) 3301-0641

Memória: há 48 anos, foi oficializado o Hino de Araraquara

21 de março, Dia do Hino do Município


O Memorial da Câmara Municipal relembra que no dia 21 de março, há 48 anos, foi oficializado o hino do município de Araraquara. 

Recordamos que até o ano de 1971 a cidade ainda não possuía um hino, quando o então prefeito Rubens Cruz enviou ao presidente da Câmara Municipal, vereador Gaeta, o Ofício nº 1372, datado de 21 de dezembro de 1971, com um projeto de lei para oficializar um hino do município.

Nesse projeto, continha um hino com a letra e música da professora Apparecida de Jesus Godoy Aguiar, que apesar de nascida na cidade de Itirapina/SP, era e é radicada em Araraquara desde 1951.

Após receber o ofício com o projeto de lei, o presidente encaminhou para a comissão competente e, no ano seguinte, nas Sessões Ordinárias de 6 e 13 de março de 1972, foi aprovado o Projeto de Lei nº 094/1971, instituindo o Hino de Araraquara, promulgado através de Lei Municipal nº 1866, de 21 de março de 1972.

 

Homenagem

Em 2016, dada a importância do valor e da beleza do hino para a história da cidade, que consegue traduzir com total perfeição o sentimento que o povo araraquarense nutre por sua terra, através da Lei Municipal nº 8679, foi oficializado no calendário do município, o Dia do Hino de Araraquara, data a ser comemorada todos os anos, em 21 de março.

Relembre a letra:

Araraquara tu nasceste
de uma lenda e uma poesia
cresça tupi que além das serras
surgindo o sol ali morava o dia
tendo por bandeira a lenda
aqui chegou, Pedro José Neto
sonhando ergueu a sua tenda
sob teu céu, o seu primeiro teto

Araraquara ensolarada
o sol é o teu coração

as tuas tardes são douradas
és meu querido torrão

 

Araraquara terra amada

Aracoara da língua tupi
tu és morada é manhã nascendo
nome acalento que foi dado a ti
Amo, meu berço Natal

onde pizaram bravos bandeirantes
eu canto as maravilhas tuas,
legado eterno desses teus gigantes

Araraquara ensolarada
o sol é o teu coração
as tuas tardes são douradas
és meu querido torrão

Araraquara adorada
tu és morada e filha do sol
explendoroza é tua alvorada
e repousante o teu arrebol
Creio no teu bravo povo
no amanhã e na tua glória
teus jovens seguirão confiantes
novos gigantes desta tua história

Araraquara ensolarada
o sol é o teu coração
as tuas tardes são douradas
és meu querido torrão

 

 

Relembramos também, o vídeo com o áudio com a primeira gravação do hino, em disco de vinil ‘78 rpm’, feita pelo senhor Antonio Carlos Rodrigues dos Santos, no ano de 1972. A gravação contou com a participação do coral da Igreja Presbiteriana Independente da Vila Xavier e a Banda do 13º Batalhão de Polícia Militar, nos estúdios da Rádio Cultura.

Acesse: VÍDEO 

 

Nota: A professora Apparecida é escritora, compositora e cursou música no extinto conservatório Carlos Gomes.

  

Fontes: 

  • Processo Legislativo nº 116/1971 (PL 94/71) - Arquivo da Câmara
  • Setor de Comunicação da Câmara
  • Vídeo do historiador Rogério Tampellini




Publicado em: 19 de março de 2020

Publicado por: Silvia Gustavo

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias do Memorial

Outras Notícias

Fique por dentro


Calendário municipal do mês: ABRIL

01 de abril de 2020

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas:   Lei Data Assunto Autoria Data comemorativa 7928 22/04/201...


Memória: Prêmio 'Heleieth Saffioti'

26 de março de 2020

Heleieth Iara Bongiovani Saffioti (1934-2010) - Socióloga, professora, escritora e pensadora feminista, por unir a militância política com produção acadêmica, tornou-se uma referência no movimento feminista. Acesse a biografia na íntegra aqui.   O Prêmio Instituído através do Decreto Legislati...


Memória: Casarão histórico no centro da cidade completa 100 anos

12 de março de 2020

Cerimônia de inauguração   O Memorial da Câmara Municipal relembra que há seis anos era inaugurado o Anexo da Câmara Municipal, denominado “Vereadora Deodata do Amaral”. O casarão histórico recebeu o nome da vereadora que conquistou o maior número de votos na história do Poder Legislativo ar...


Memória: Araraquara na Guerra do Paraguai, há 155 anos

09 de março de 2020

O Memorial da Câmara Municipal relembra os voluntários que partiram de Araraquara para a Guerra do Paraguai, em 10 de março de 1865. Na época, a cidade de Araraquara era pequena, com renda de 300 mil réis anuais, mas mostrou que seus filhos eram homens valorosos, pois ao verem o território da pá...


Memória: Mulheres Vereadoras

05 de março de 2020

O Memorial da Câmara relembra neste mês, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, que Olinda Montanari (in memoriam) mesmo não tendo sido a primeira mulher convocada para o Poder Legislativo araraquarense, ainda assim tornou-se a primeira mulher a exercer o cargo de vereadora, convocada com...


Calendário Municipal do Mês: MARÇO

01 de março de 2020

A cidade de Araraquara tem datas comemorativas importantes para serem lembradas, pois homenageiam profissões, classes e assuntos relevantes. O Memorial da Câmara Municipal relembra essas datas:     Lei Data Assunto Autoria Data comemorativa 7173 07/01/...