Notícias



Ciclo de apresentações da LDO se encerra com Câmara, segurança, obras, assistência, Daae e cultura

Última audiência pública para tratar das previsões orçamentárias do Executivo e do Legislativo para 2025 foi realizada no início da semana

258


Na segunda-feira (27), ocorreu a quinta e última Audiência Pública da LDO 2025, com a participação de representantes das Secretarias Municipais de Assistência e Desenvolvimento Social, Obras e Serviços Públicos, Cultura e Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, além do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae), da Fundação de Arte e Cultura (Fundart) e da Câmara Municipal.

A LDO é votada anualmente pelos vereadores e estabelece as metas e prioridades do Executivo e do Legislativo para o ano seguinte. Movimentos sociais, associações de classe, secretarias, autarquia, fundações e órgãos municipais foram convidados a enviar representantes para as discussões sobre o Projeto de Lei nº 163/2024, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2025. A Audiência Pública foi conduzida pelo vereador Edson Hel (PV), presidente da Comissão Permanente de Justiça, Redação e Legislação da Casa de Leis.

O primeiro órgão a apresentar suas previsões para 2025 foi o Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae), representado pelo superintendente, Delorges Mano, e pelo gerente de Finanças, Denis Gonzales, que detalhou a previsão de despesas no valor de R$ 214,8 milhões. O montante engloba desenvolvimento administrativo, desenvolvimento operacional, gestão operacional dos sistemas de água e esgotos, gestão de resíduos sólidos e encargos especiais.

A seguir, o secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, Alexandre Pomponi, falou sobre a previsão de R$ 25.188.299,75, que serão empregados na Gestão das Políticas de Segurança do Município e no Fundo Municipal de Trânsito (Fumtran).

A secretária municipal de Obras e Serviços Públicos, Renata Bratfisch, explanou a estimativa de R$ 267.605.684,22 para a pasta. Os recursos serão utilizados no programa Ilumina Araraquara; drenagem urbana; construção, manutenção e ampliação do sistema viário; expansão, melhorias e manutenção em edifícios públicos; gestão de obras públicas, produção de artefatos de concreto; fiscalização de serviços públicos; gestão de serviços urbanos; limpeza urbana; manutenção de áreas verdes em próprios municipais; serviços funerários; e serviços topográficos.

Depois dela, foi a vez da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, representada pela titular da pasta, Jacqueline Barbosa, acompanhada pelo gerente Ronaldo Tulio. Eles explicaram a previsão de R$ 53.825.293,89, que serão empregados em desenvolvimento administrativo municipal; Programa Municipal de Transferência de Renda, Inclusão Social e Combate à Fome; Proteção Social Básica; Proteção Social Especial; parcerias com organizações da sociedade civil; e Programa Municipal de Combate à Fome.

As duas apresentações seguintes ficaram por conta da cultura. Primeiramente, o diretor executivo da Fundação de Arte e Cultura (Fundart), Weber Fonseca, mostrou uma previsão orçamentária de R$ 4.498.080 para ações de gestão e acesso à cultura, preservação do patrimônio histórico e cultural e implantação do Programa de Amparo à Cultura (PAC).

A secretária municipal de Cultura, Teresa Telarolli, por sua vez, detalhou a estimativa de R$ 10.885.000 para a pasta, que deverão ser empregados em: difusão e fomento de atividade em arte e cultura; gestão e acesso à cultura; Oficinas Culturais; gestão, preservação e difusão educativa do patrimônio histórico; e gestão do Fundo Municipal de Cultura (edital de apoio a artistas e agentes culturais locais).

Por fim, o diretor de Finanças da Câmara Municipal, Daniel Dinois, apresentou a previsão orçamentária da Casa de Leis, que ficou em R$ 26.768.000,00, destinados a pagamento de auxílio-alimentação, previdência complementar a inativos, Escola do Legislativo e processo legislativo (manutenção do corpo legislativo e do corpo administrativo).

A audiência contou com ampla participação de representantes do Sindicato de Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar), que fizeram vários questionamentos e sugestões aos expositores. As contribuições podem ser conferidas na íntegra da audiência no YouTube.


Publicado em: 29 de maio de 2024

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Câmara

Comentários

Adicione seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.


Outras Notícias

Fique por dentro

Câmara inicia jornada de sessões do segundo semestre

15 de julho de 2024

Após um breve recesso de dez dias, os vereadores da Câmara Municipal de Araraquara voltam a se reunir no Plenário em Sessão Ordinária, a partir das 15 horas desta terça-feira (16), com uma pauta in...



Ruas da Vila Renata precisam de recuperação asfáltica

15 de julho de 2024

Um documento de autoria do vereador Guilherme Bianco (PCdoB) pede para a Prefeitura realizar a recuperação asfáltica em vias da Vila Renata, na região da Vila Xavier.   O parlamentar solicita que...



Jogos Regionais 2024

15 de julho de 2024

Araraquara é a grande campeã da 66ª edição dos Jogos Regionais da 5ª Região Esportiva do Estado de São Paulo, sediada em Sertãozinho. Após ultrapassar Franca na última quinta-feira (11), a Morada d...



Campanha - Adoção de Animais

15 de julho de 2024

O Centro de Adoção Permanente "Cão Gabriel", localizado no Parque Infantil, receberá mais uma edição da Campanha de Adoção de Animais, no próximo sábado (20), das 9h30 às 13h. A ação é realizada pe...



Documento pede sistema semafórico em via de trânsito intenso do Santa Angelina

15 de julho de 2024

Uma indicação protocolada à Prefeitura solicita estudos técnicos para a implantação de sistema semafórico na esquina da Rua Manoel Rodrigues Jacob com a Avenida Arlindo Anastácio da Silva, no Santa...



Agenda Cultural – 12/07

12 de julho de 2024

Feiras Nesta sexta-feira (12), das 19 às 22 horas, tem Feira da Lua na Praça das Bandeiras João Colturato “Zinho”, no Centro, com artesanato, culinária e brechó, com expositores de Araraquara e re...





Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!